Equilibrando Carreira e Vida Pessoal

Todo mundo busca o perfeito equilíbrio entre a vida pessoal com filhos, trabalho, tempo pra si mesma... Aqui vão algumas ideias para encontrar o equilíbrio dentro de si mesma.
Sempre quis ter um espaço onde posso falar não apenas do que gosto de fazer (comida e decoração), mas onde posso também discutir coisas que me preocupam e que fazem parte do meu universo e do de tantas mulheres. Por isso, a partir de agora, todas as terças teremos novos textos sobre diferentes tópicos que fazem parte do universo feminino.

Desde que comecei o meu mestrado em negócios (MBA), uma das perguntas que mais ouço entre as mulheres é como equilibrar a vida profissional com a pessoal. Este é um assunto muito importante para mim também. Eu encontro parte da minha realização pessoal dentro da minha profissão, mas também sonho em ter filhos e as vezes me pergunto se é possível mesmo ter tudo e mais um pouco.

Por isso, quando fui numa conferência ano passado com uma executiva da Union Pacific, uma mulher que tem filhos e uma vida profissional de sucesso, o comentário dela me fez pensar. De acordo com ela, a verdade é que não existe um equilíbrio. Nós temos a ideia de que a nossa vida é como se fosse uma torta, onde o equilíbrio seria cortá-la ao meio, metade para a vida profissional e a outra para a social. Contudo, ela disse que o segredo é aceitar as suas escolhas e as consequências dela.

Por exemplo, se você trabalha o dia inteiro, provavelmente não vai conseguir ser aquela mãe de Pinterest que faz bolinhos personalizados para a festa de aniversário do seu filho na escola. Na verdade, você vai provavelmente ser a mãe que compra o bolo pronto no mercado antes de deixar seu filho na escola. O segredo não é tentar ser a super profissional e a super mãe, mas aceitar que não tem problema ser a mãe que compra o bolo pronto de vez em quando (ou sempre), ou ser a mãe que tira algumas horas de férias para assistir a apresentação do filho na escola.

Mônica Salgado, editora chefe da revista Glamour Brasil, também parece estar na mesma sintonia. Numa entrevista, ela disse:

"Minha vida está apoiada num tripé principal: tem meu lado profissional, o lado mãe e o lado mulher do Afonso. Uma hora pende mais pra um lado, outra pra outro. E meus dias são basicamente uma tentativa de equilibrar os três. Mas o mais importante: eu AMO cada um deles e me cobro muito para fazer o meu melhor."

Óbvio que não é tão fácil assim aceitar a parte onde você "falhou" em alguma área e seguir em frente, mas acho que talvez o segredo esteja em entender que você não é perfeita e buscar fazer o que é realmente importante para a sua carreira e a sua família, pendendo para o que é mais importante no momento, mesmo que o que é realmente importante para você não seja o que todo mundo ache que seja importante para a sua vida.

Qual é o seu segredo para equilibrar a carreira e a maternidade ou vida pessoal? Quais são os sacrifícios que você já fez? Adoraria saber aqui nos comentários.

Nenhum comentário

Curtiu? Tem perguntas? Então deixe um comentário!