Acredite em Dezembro

Existe algo mágico no simples fato de acreditar. Em dezembro, acreditamos em renas, no Papai Noel, na chaminé apertada pela qual o bom velhinho desce à meia-noite com um saco cheio de presentes. São crenças que, por mais simples que sejam, nos levam a fazer atos de caridade, a distribuir presentes, a compartilhar a comida da mesa.

Mas no fundo, acredito que exista um poder maior que tudo isso, o verdadeiro motivo que nos faz querer ser pessoas melhores e mais caridosas durante o mês de dezembro. Esse é o poder de Cristo. Eu acredito que dezembro é exatamente isso, o mês que celebramos o nascimento de um menino pobre, que nasceu num presépio, cercado de animais e anjos, sob a luz de uma nova estrela no céu. E apesar das circunstâncias simples de seu nascimento, ele foi o grande presente de Deus para todos os seus filhos, o primeiro presente de natal. Acredito que este seja verdadeiro espírito de Natal que nos torna pessoas melhores.

Espero que você tenha um feliz natal e acredite, não só durante o mês de dezembro, mas durante todo o ano de 2015 neste espírito que nos faz amar e ajudar ao próximo. Que a caridade seja maior do que a lista de presentes que o Papai Noel pode nos proporcionar.

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz."
(Isaías 9:6)

Nenhum comentário

Curtiu? Tem perguntas? Então deixe um comentário!