Um post de luto pelo meu OPT

Toda vez que eu sumo do blog é porque ou não tem nada acontecendo, ou tem alguma coisa muito importante acontecendo. Acho que dessa vez foi uma mistura dos dois. A minha vida tem se resumido em trabalho e casa, a bendita rotina nossa de cada dia. E no meio dessa rotina, milhares de pequenas e grandes coisas acontecendo.

Como o fim do meu OPT.

Como eu já falei aqui, o OPT é uma extensão de um ano do visto de estudante para que você possa trabalhar e adquirir experiência. O meu vence em 3 semanas. Eu tinha muita esperança de conseguir um visto de trabalho, mas obviamente não consegui. E com o fim do meu OPT, se inicia a minha "aposentadoria". Lógico, eu tenho várias coisas acontecendo, como a fotografia e trabalhos freelancer. Mas com certeza vou sentir falta do meu trabalho, de acordar cedo e passar o dia ao lado de pessoas maravilhosas. Afinal, como parar de fazer o que se ama?

Caso você não saiba, eu trabalho para a Igreja. Eu entrei como estagiária nas revistas da igreja (sonho realizado!), e conheci pessoas maravilhosas, tive reuniões fantásticas com líderes da igreja, aprendi muito sobre media social (fiz a media social da Igreja e escrevi artigos para o news.lds.org), e fiz amizades que serão levadas para toda a vida.
No meu cubículo de estagiária.

Os melhores estagiários que a Igreja já viu, cada um segurando a revista (ou no meu caso o site LDS.org) em que estavam trabalhando.
Depois do estágio, fui para o Mormon Channel fazer o que mais amo: media social. Dessa vez, num emprego de gente grande. E estou lá até hoje.

E por causa dessas pessoas maravilhosas, e por estar fazendo o que mais amo, é que é tão difícil para mim parar de trabalhar, mesmo que por um breve período. Porque quando você passa a vida inteira estudando e trabalhando, o que você faz além disso? Eu não sei ainda, mas acho que estou prestes a descobrir.

***Lógico que a minha vida e carreira profissional não vão acabar em 3 semanas. Acho que o mais difícil disso tudo é fechar esse capítulo da minha vida, um capítulo ao qual sou tão apegada. O Rob, bom marido que é, tem me apoiado bastante. Não podia ter pedido por alguém melhor para ter do meu lado.

4 comentários

  1. Olá Mônica!
    Sou apaixonada pelo Os Lunas e No Escritório, você escreve coisas maravilhosas!
    Sem falar nas fotos que você tira , o spottin só tem fotos perfeitas! Espero que quando eu me casar ( vai demorar um pouco! haha ) você ainda fotografe porque quero que você seja minha fotografa!
    Mas há uma coisa que eu quero te perguntar faz tempo , você fez jornalismo na byu certo? mas o curso de jornalismo pega fotografia também? e como conseguiu virar estagiaria para a igreja? é um sonho!
    Obrigada por ter um blog tão gostoso de se ler!
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cecilia! Obrigada pela mensagem tão carinhosa. Fico feliz de saber que você curte os blogs!

      Então, fiz sim jornalismo na BYU. Lá eles oferecem várias aulas, que vão desde escrita jornalística até televisão. Eu escolhi fazer aulas de escrita, design e fotojornalismo.

      E para conseguir ser estagiaria da igreja foi um longo processo! hahaha. Eles abrem vagas para estágios duas vezes por ano, e a primeira vez que apliquei não consegui entrar. Na segunda vez que apliquei, o meu curriculo foi aceito, aí tive que mandar um portfólio super extenso para trabalhar com a revista do Amigo, Church News, e LDS.org. No final, tive uma entrevista, que foi quando eu finalmente fui selecionada para o LDS.org. Mas foram uns dois meses, sem mentira. Lógico, valeu cada minuto! :)

      Excluir
    2. Curto mesmo e quando você não posta fico até triste! haha

      Nossa , que perfeito! É que eu estou procurando uma profissão para seguir ( daqui 2 anos vou pra faculdade ) e eu sou apaixonada por fotografia e escrever , mas aqui no Brasil não tem nenhuma que consiga juntar essas coisas e me fazer feliz! Ai quando vi que você faz tudo que eu sempre quis fazer corri para te perguntar! E agora já sei que na BYU tem tudo que eu sempre quis na mesma faculdade , perfeito!

      Excluir
  2. Você não consegue mais trabalhar por aí por não ter visto? Não entendi. Mas tudo bem, o importante é que está correndo atrás do que deseja! Sucesso!!!!

    ResponderExcluir

Curtiu? Tem perguntas? Então deixe um comentário!